Nos siga nas redes sociais

Esportes

Santa Cruz fica no 0 a 0 com o Manaus e vê liderança na Série C ameaçada

Lucas Passos

Publicado

Neste sábado, pela sétima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, o Santa Cruz visitou o Manaus na capital amazonense e ficou apenas no 0 a 0. Em jogo equilibrado, as equipes não aproveitaram as chances que tiveram e saíram com um empate amargo.

O primeiro tempo teve muito equilíbrio com o Santa Cruz melhor e comandando as ações nos minutos iniciais, e com o Manaus equilibrando no decorrer do jogo. Apesar disso, o forte calor de mais de 30ºC não permitiu grandes oportunidades para as duas equipes, que desceram zeradas para o vestiário.

No segundo tempo, o cenário foi parecido, mas com o jogo um pouco mais aberto. O Manaus teve a melhor chance do jogo, aos 24, nos pés de Matheusinho, que tinha acabado de entrar, mas Maycon fez linda defesa salvando o Santa. Os pernambucanos levavam perigo em bolas alçadas na área, mas sem conseguir balançar as redes. No fim, a equipe ainda sofreu com o desgaste físico e teve que se confortar com o empate sem gols.

Com o placar, o Santa Cruz segue líder do Grupo A, agora com 14 pontos, mas pode ser ultrapassado no saldo de gols se o Ferroviário vencer na rodada. Já o Manaus perdeu a chance de entrar no G4 da chave, e subiu apenas para o sexto lugar com oito pontos.

Confira o resultado dos jogos deste sábado pela Série C:

São Bento 1 x 1 Volta Redonda
Treze 0 x 0 Jacuipense
Manaus 0 x 0 Santa Cruz

As informações são do Gazeta Esportiva


Whatsapp Portal PE10 Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no whatsapp
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Conor McGregor diz que vai enfrentar Manny Pacquiao no Oriente Médio

“Será uma honra enfrentar dois dos melhores boxeadores da era moderna”, escreve ex-campeão do UFC.

Marcos Philipe Passos

Publicado

Conor McGregor diz que vai enfrentar Manny Pacquiao no Oriente Médio

Conor McGregor diz que vai enfrentar Manny Pacquiao no Oriente Médio

Primeiro, houve May-Pac. Depois, May-Mac. O próximo passo seria Pac-Mac? É o que vai acontecer, pelo menos de acordo com Conor McGregor. O lutador irlandês publicou em suas redes sociais nesta sexta-feira que tem encontro marcado com Manny Pacquiao, multicampeão mundial de boxe. Foi parte de um desabafo do ex-campeão peso-pena (65,8kg) e peso-leve (70,3kg) do UFC sobre como se desenrolaram negociações frustradas com Dana White para que ele lutasse ainda no primeiro semestre no octógono.

“Enfim, são águas passadas, quem liga. Vou boxear contra Manny Pacquiao em seguida no Oriente Médio. Será uma verdadeira honra ter enfrentado dois dos maiores boxeadores da era moderna, com medo de lutar”, escreveu McGregor nos dois últimos posts de seu desabafo.

Em entrevista ao site americano “Espn.com”, o manager de McGregor, Audie Attar, confirmou que um duelo de boxe contra Pacquiao foi uma das possibilidades levantadas numa conversa com o UFC, que teria aprovado a ideia. A luta pode acontecer no final de dezembro ou início de janeiro, e o Oriente Médio é um dos locais sendo discutidos, embora Attar não tenha sido mais específico sobre países e cidades da região que poderiam receber o evento.
Antes de soltar a bomba de que enfrentaria Manny Pacquiao no boxe, McGregor publicou uma série de mensagens com capturas de telas de suas conversas por mensagens privadas com Dana White, presidente do UFC, no final de fevereiro, antes da pandemia do novo coronavírus mudar todos os planos. O que motivou o desabafo foi uma entrevista de Diego Sanchez, campeão do TUF 1 e que enfrenta Jake Matthews neste sábado no UFC 253. Sanchez, 38, admitiu estar na reta final da carreira e disse que gostaria de encarar Conor McGregor em sua despedida do octógono.

Isso motivou o irlandês a publicar nas redes sociais que estava de acordo com o plano e dividir com o público que ele mesmo havia nomeado Sanchez entre os possíveis adversários para sua segunda luta em 2020. Nas capturas de tela, White aparece rechaçando a ideia, e diz que “nós (UFC) deveríamos perder nossa licença de matchmakers se casarmos esta luta”. McGregor insiste em lutar ainda em maio, e White responde que era impossível, que o primeiro grande evento que poderia recebê-lo seria no início de julho, na Semana Internacional de Luta.
O ex-campeão de duas categorias do UFC diz em seguida que não recusou uma luta contra Tony Ferguson, mas que não queria ser “suplente” na luta entre Ferguson e Khabib Nurmagomedov, mas que queria mesmo era um evento em torno de seu nome. Ele também afirma que decidiu se aposentar quando, depois da pandemia do Covid-19, ouviu conversas de que só voltaria a lutar quando pudesse haver público presente. “Já havia esperado tempo demais”, explicou.

Com informações GloboEsporte.


Whatsapp Portal PE10 Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no whatsapp
Continuar Lendo

Esportes

Com gol de pênalti, Sport bate o Corinthians na Ilha do Retiro

Iago Maidana balançou a rede e garantiu a vitória para os donos da casa, que sobem na tabela do Brasileirão

Lucas Passos

Publicado

Iago Maidana, cobrando pênalti, foi o autor do gol da vitória do Sport na Ilha do Retiro (Foto: Twitter/Sport)

Jogando como mandante, o Sport bateu o Corinthians por 1 a 0, nesta quarta-feira, na Ilha do Retiro, pela 12ª rodada do Brasileirão-2020 e subiu para a sétima posição na tabela. Iago Maidana, cobrando pênalti, deu a vantagem para o Rubro-Negro de Recife. Já os visitantes, que não tiveram boa atuação, reclamaram de pênalti não marcado no início do segundo tempo.

Logo no primeiro minuto de jogo, parecia que o Timão tomaria as rédeas da partida quando Lucas Piton arriscou chute de longe e conseguiu escanteio, mas a partir dali o Leão, como dono da casa, dominou as ações no campo de ataque. Tanto é que aos seis minutos o estreante Thiago Neves finalizou de fora da área, mostrando quem iria mandar na etapa inicial do duelo desta quarta.

Não demorou muito para pintar a primeira grande chance do Sport, quando novamente Thiago Neves tentou a finalização, a bola desviou na zaga corintiana e sobrou para Lucas Mugni, que improvisou uma espécie de voleio e chutou para Cássio salvar o Alvinegro, que naquela altura da partida pouco ameaçava o adversário, até que Piton cruzou para Jô cabecear por cima do travessão.

Essa chance, porém, foi uma das poucas do Corinthians, que tinha muita dificuldade de criar jogadas a partir do meio-campo, que não se aproximava do ataque. Nem mesmo Fagner, uma das principais armas do time, conseguiu terreno para avançar. A melhor chance veio quando Roni tocou para Jô que, de calcanhar, deixou para Everaldo arriscar belo chute, que acertou a trave.

O Sport continuava melhor e já tinha exigido uma grande defesa de Cássio em chute de Ricardinho, de longe. O goleiro, porém, teve uma missão difícil perto do fim da primeira etapa, quando o árbitro viu Everaldo bloquear com o braço, dentro da área, chute de Jonatan Gómez. Pênalti para o Leão, que Iago Maidana bateu e converteu para abrir o placar merecidamente para a equipe da casa.

Na volta do intervalo, Dyego Coelho veio com Luan no lugar de Everaldo e o meia-atacante já se envolveu em um lance polêmico, quando, após escanteio, seu cabeceio, que tinha a direção do gol, desviou no braço de Sander. O VAR checou a jogada para um possível pênalti, mas o árbitro mandou seguir. Além disso, a entrada do camisa 7 pouco acrescentou às necessidades do time.

Enquanto isso, o Sport continuava melhor e assustava mais do que o adversário. Jonatan Gómez aproveitou ajeitada de bola na frente da área e arriscou chute colocado, que passou muito perto do gol. A impressão é de que Cássio não teria chances. No entanto, em lance seguinte, a bola sobrou para Thiago Neves dentro da área e o goleiro corintiano colocou para escanteio.

Sem conseguir a imposição em cima do Leão, Dyego Coelho lançou a campo três substituições de uma vez. Entraram Ramiro, Cantillo e Léo Natel. Com isso, o Corinthians conseguiu ficar mais com a bola no campo de defesa do adversário e esboçou ampliar o campo com Fagner de um lado e Natel do outro. Cantillo, pelo meio, articulou algumas jogadas e até arriscou chute.

Embora o Corinthians tenha conseguido ficar mais com a bola e ganhado mais campo, o Sport teve uma marcação muito forte e eficiente, que impediu qualquer tentativa do adversário de empatar o placar. Coelho ainda tentou colocar Mantuan no lugar de Fagner já no fim do jogo, mas não houve efeito. O Timão arriscou jogadas aéreas, procurando Jô, porém sem sucesso.

Somente os 45 minutos, Léo Natel arriscou de longe e Luan Polli defendeu bem. Em seguida, Gil tentou o chute, que desviou e saiu por cima do gol. Foram as duas grandes chances alvinegras em todo o segundo tempo da partida.

Diante dessa eficiência na defesa, o Sport conduziu o resultado até o fim do jogo. Com a vitória, o Leão vai a 17 pontos na competição e sobe para a sétima posição na tabela. Agora pega o Bahia, fora de casa. Enquanto o Corinthians permanece com 12 pontos na 13ª posição e agora enfrenta o Atlético-GO, na próxima quarta-feira, em jogo adiado da primeira rodada do campeonato.

FICHA TÉCNICA
SPORT 1 X 0 CORINTHIANS
Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data-Hora: 23/9/2020 – 21h30
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa/RJ) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
VAR: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Público/renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: Marcos Serrato, Jonatan Gómez e Sander (SPT) Cássio, Fagner, Everaldo e Danilo Avelar (COR)
Cartões vermelhos: –
Gols: Iago Maidana (36’/1ºT) (1-0)

SPORT: Luan Polli; Patric, Iago Maidana, Adryelson e Sander (Luciano Juba, aos 41’/2ºT); Marcão e Ricardinho; Lucas Mugni, Thiago Neves (Bruninho, aos 28’/2ºT) e Jonatan Gómez (Marcos Serrato, aos 17’/2ºT); Hernane (Rogério, aos 28’/2ºT). Técnico: Jair Ventura.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Mantuan, aos 38’/2ºT), Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton; Xavier (Ramiro, aos 18’/2ºT) e Roni (Léo Natel, aos 18’/2ºT); Otero, Mateus Vital (Cantillo, aos 18’/2ºT) e Everaldo (Luan, no intervalo); Jô. Técnico: Dyego Coelho.

Informações: LANCE!


Whatsapp Portal PE10 Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no whatsapp
Continuar Lendo

Esportes

Oficial: Luis Suárez é novo jogador do Atlético de Madrid

Atacante deixa o Barcelona após seis anos e é anunciado pelo time de Diego Simeone, que vai pagar 6 milhões de euros em bônus variáveis para ter o uruguaio

João Marcelo Passos

Publicado

Luis Suárez deixa o Barcelona após seis anos e chegar ao Top-3 da artilharia histórica do clube. — Foto: Getty Images

Agora é oficial: o atacante Luis Suárez é o novo reforço do Atlético de Madri. O clube da capital espanhola chegou a um acordo com o Barcelona pela transferência do uruguaio, que tinha contrato com os catalães somente até junho de 2021, no fim da temporada.

O Atlético de Madrid não pagará nada pela transferência do camisa 9 ao Wanda Metropolitano, mas ficou acordado em contrato que caso metas sejam atingidas o Barça pode receber até 6 milhões de euros (R$ 38 milhões, na atual cotação).

Suárez era pretendido pela Juventus, da Itália, mas não acertou com a Velha Senhora por conta de problemas com o passaporte. Sem o uruguaio, a Bianconeri acertou com Álvaro Morata, justamente do Atlético de Madri.


Whatsapp Portal PE10 Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no whatsapp
Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.