Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

SBT leva multa de R$ 10 milhões por ‘brincadeiras’ de Silvio Santos e Ratinho

Ministério Público do Trabalho ajuizou ação civil .

Avatar

Publicado


O Ministério Público do Trabalho de São Paulo (MPT-SP) abriu uma ação civil pública e está pedindo do SBT uma multa de R$ 10 milhões por “danos morais coletivos”. O processo é motivado por “violações aos direitos à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem” e “discriminação de gênero” de funcionários da emissora de Silvio Santos, citando o caso em que o apresentador constrangeu Maisa Silva durante um programa e outro em que Ratinho chutou uma assistente de palco ao vivo. Procurada pelo Viver, a assessoria de imprensa do SBT afirmou que a empresa ainda não foi notificada oficialmente do processo e que não irá se pronunciar por conta de um código de ética cujas diretrizes incluem não comentar assuntos judiciais. 

Em abril de 2016, o apresentador Carlos Alberto Massa, também conhecido como Ratinho, chutou a assistente de palco Milene Pavorô enquanto ela estava dentro de uma caixa de papelão. “Aroldo, o senhor notou que ela é uma funcionária rebelde? Providências terão de ser tomadas… Ela vai pra rua”, disse ele ao vê-la saindo do palco, machucada. Para o MPT, o caso implica “violação não só da dignidade da trabalhadora ofendida psíquica e fisicamente, mas também dos demais empregados da empresa, inclusive muitas mulheres, causando sensação espanto entre os empregados e a violação de um sentimento coletivo, social, de dignidade de toda a sociedade”. 

Durante o Programa Silvio Santos, em junho deste ano, o apresentador insistiu que Maisa Silva, de 15 anos, namorasse Dudu Camargo, de 19, causando constrangimento na atriz e levantando, nas redes sociais, o debate sobre atitudes sexistas na TV. “Tenho notado que você não consegue arrumar namorado. Você tem 15 anos e ele 19, o jogo foi um pretexto para aproximar vocês dois”, disse Silvio, ao que Maisa respondeu: “Então eu posso ir embora. Não estou aqui para arranjar namorado. É um ultraje, é constrangedor você me submeter a uma situação dessa”. 

“Para o MPT, os programas produziram cenas que configuram lesão ao direito da personalidade, bem como abuso de poder hierárquico em detrimento do gênero feminino nas relações de trabalho, caracterizando uma espécie de discriminação pela forma de tratamento dispensada às artistas, ao denotar um papel feminino estereotipado, que reforça a inferioridade da mulher e viola a sua dignidade por atentar contra sua intimidade, privacidade, imagem e a honra, o que merece ser combatido pelo estado-juiz”, defende a ação. O órgão afirma ter recebido diversas denúncias sobre os dois casos e pede, além da multa de R$ 10 milhões, “providência da empresa para que ajuste sua conduta e não mais permita, tolere ou submeta seus empregados a situações vexatórias, constrangedoras, ou qualquer conduta que implique desrespeito à pessoa humana, à vida privada, à honra, à intimidade e à imagem ou qualquer violência ou discriminação contra a mulher ou outro fator injusto de discriminação, garantindo-lhes tratamento respeitoso e digno”. 

O procurador Gustavo Accioly, responsável pelo caso, também pede que tanto Silvio Santos quando Ratinho se retratem ao vivo e que seja veiculada, no início e no fim dos programas dos apresentadores a seguinte mensagem: “A emissora respeita os direitos da personalidade, a dignidade, a intimidade, a honra, a vida privada, a imagem e a integridade física e mental dos trabalhadores, bem como repele qualquer violência ou discriminação contra a mulher ou outro fator injusto de discriminação, garantindo-lhes tratamento respeitoso e digno”. 

Em julho deste ano, o SBT foi condenado a exibir mensagens educativas sobre proposta de reforma trabalhista do governo Temer sob pena de R$ 10 mil em multa em caso de caso de descumprimento. A condenação ocorreu após o Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal (MPT-DF) abrir inquérito civil por acreditar que a emissora estava exibindo material “duvidoso” sobre o tema. “Você sabe que se não for feita a Reforma Trabalhista, você pode deixar de receber o seu salário?” e “Você sabe que o Brasil quebra, se não aprovar a nova lei da Previdência?” eram algumas das mensagens veiculadas em intervalos comerciais no canal. 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Taís Araújo será Marielle Franco em especial sobre consciência negra

A Globo prepara um grande especial para o dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro

Lucas Passos

Publicado

Foto: Globo/Reprodução

A Globo prepara um grande especial para o dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro. O programa intitulado Falas negras está em fase de gravação e terá um compilado de textos de personagens importantes da luta negra, dos anos 1600 até a atualidade. A intenção é colocar em evidência discursos de pessoas que lutaram contra a escravidão, a segregação racial, o racismo e a intolerância.

Entre as personalidades celebradas no programa está a vereadora assassinada Marielle Franco, que será interpretada por Taís Araújo no conteúdo. Participam também Guilherme Silva, no papel de Martin Luther King; Fabrício Boliveira, como Olaudah Equiano; Babu Santana, que será Mohammed Ali; Ivy Souza, na pele de Nina Simone; e Naruna Costa, interpreta Angela Davis.

A direção é assinada por Lázaro Ramos. Já Manuela Dias, de Amor de mãe, foi a responsável pela concepção da ideia.

Fonte: Correio Braziliense

Continuar Lendo

Entretenimento

Carlinhos Maia sobre ‘expulsão’ de estátua: “Apenas entristecido e decepcionado”

Segundo o influencer, algumas pessoas reagiram de forma ofensiva, através de xingamentos homofóbicos.

Redação PortalPE10

Publicado

 

O influenciador digital Carlinhos Maia se pronunciou, por meio das redes sociais, sobre o episódio ocorrido nessa terça-feira (20/10), em Penedo, região do Baixo São Francisco, no qual moradores do Barro Vermelho impediram a instalação de sua estátua às margens da orla da cidade.

Carlinhos disse entender o pleito da comunidade, que é homenagear personalidades como Antônio Gomes dos Santos, conhecido como Toinho Pescador – poeta reconhecido pelo seu trabalho em defesa do Rio São Francisco – e que ao escolher a orla pretendia apenas atrair mais turistas à cidade.

“Foi um pedido meu. Se vocês puderem colocar na nova orla da cidade, que foi onde minha mãe Maria nasceu e se criou. Passei toda a minha infância lá e eu sempre frequento, praticamente toda semana. Mas, com todo respeito que tenho a vocês, aprendam a valorizar uma história não desvalorizando a outra”, disse.

Segundo o influencer, algumas pessoas reagiram de forma ofensiva, através de xingamentos homofóbicos. “‘Ah! Um viado não representa nossa cidade. Para quê colocar uma estátua de um viado?’. É! Eu acho que isto não tem mais nada a ver com o Carlinhos. Isto tem a ver com o preconceito dentro de vocês […]”, desabafa.

Em vídeo que circula nas redes sociais, é possível ouvir as pessoas dizendo que “a população do Barro Vermelho não deixou, mandou tirar [a estátua]. Se é para colocar alguém para homenagear, que colocasse Toinho Pescador. Por que nunca colocaram?”.

Carlinhos afirmou que estava triste com a atitude. “Eu não estou com raiva, apenas entristecido e decepcionado. Eu levo o nome da minha cidade todos os dias para onde eu vou. Para onde eu estou levo o nome de Penedo”. E agradeceu aos que o estão apoiando e concluiu dizendo: “que a estátua pode ficar em qualquer lugar”.

Em novos stories publicados no fim da noite de ontem, o humorista brincou com a situação. “Eu me ajeitei todo, tá outro rosto. Eu ando na rua, o povo dá psiu. Parando para analisar, eu vou até agradecer a esse pessoal, porque o povo ia se assustar.”

 

Continuar Lendo

Entretenimento

‘A gente se desentende, mas se acerta’, diz menina que levou puxão no cabelo após apagar vela de aniversário da irmã caçula

Maria Antonia e Maria Eduarda moram em Pato Branco, no sudoeste do Paraná. Vídeo com a confusão após o parabéns viralizou nas redes sociais.

Lucas Passos

Publicado

Maria Eduarda tem 3 anos, e a irmã, Maria Antonia, tem 6 anos — Foto: Arquivo pessoal/Marines dos Santos Fernandes

Durante o parabéns, em comemoração aos 3 anos da irmã caçula, Maria Antonia de 6 anos não se aguentou e apagou a vela antes da irmã – que reagiu com um puxão de cabelo. O vídeo da festa de aniversário viralizou nas redes sociais.

Maria Antonia disse que sempre ajudou a irmã mais nova a assoprar as velas mas, neste ano, a caçula queria mostrar que já tinha fôlego suficiente para apagar sozinha.

“Ah, eu não pensei em nada na hora, sempre participei desse momento e estava com um pouquinho de ciúmes, eu queria que o aniversário fosse meu também. A gente se desentende, mas se acerta. Eu ganhei o primeiro pedaço do bolo e brincamos muito depois”.

O caso aconteceu no último domingo (18), em Pato Branco, na região sudoeste do Paraná.

A mãe das meninas, Marines dos Santos Fernandes, de 43 anos, afirmou que Maria Eduarda nunca gostou de ser contrariada, mas a atitude em puxar o cabelo da irmã aconteceu pela primeira vez.

“A Maria Antonia assoprou a minha velinha, e eu fiquei brava com ela e puxei o cabelo dela. Eu amo ela, mas daí ela me ajudou e eu fiquei nervosa. Nesse [aniversário] eu queria fazer sozinha”, explicou a irmã caçula.

Por causa da repercussão e dos ataques que a filha mais velha vem recebendo nas redes sociais, Marines pediu ao G1 para que o rosto das meninas não fosse mais exposto no vídeo do parabéns.

“O susto está passando, e elas estão bem. Acredito que as informações boas estão superando as ruins. Irmãs são assim mesmo, mas a gente não incentiva a violência, a gente conversa com elas, explica que não pode, mas criança pensa em fazer e faz né, nem dá tempo”, relatou.

Relação entre as irmãs

A mãe das meninas disse que Maria Antonia se sentia muito sozinha e sempre pedia muito uma irmãzinha aos pais. Quando Marines engravidou, a filha fez questão de escolher o nome da irmã caçula.

“Eu que pedi para a mamãe esse presente [a irmã]. A gente brinca muito de boneca e também assiste TV juntas. O que aconteceu domingo já passou, no meu aniversário eu vou deixar ela assoprar a minha vela também”, disse a irmã mais velha.

Marines garante que a relação entre as duas é boa, de muita brincadeira e amizade.

“Acho que a relação de ciúme existe desde que a Maria Eduarda nasceu, mas isso porque antes o colo era só dela [da Maria Antonia], os brinquedos eram dela, a casa era dela. Depois, ela teve que dividir tudo isso, mesmo querendo muito a irmã. Elas só representaram o que acontece nas casas de todo mundo”, pontuou a mãe.

Tanto Maria Antonia quanto Maria Eduarda destacaram ao G1 a mesma palavra ao se referir uma à outra: amor.

Para elas, o dia a dia, ainda mais em meio à uma pandemia, não seria tão bom se não tivessem essa parceria.

“Eu sinto amor, eu amo ela demais da conta. É a minha melhor amiga. Eu não esperava tudo isso, mas eu estou adorando [a fama]”, comentou a irmã mais velha.

Apesar da confusão, Maria Eduarda também prometeu não mais puxar o cabelo da irmã, mesmo quando ficar brava.

“No dia a gente brincou, abriu os presentes, pulou na cama elástica. Não vale a pena ficar nervosa, né. Eu gosto de brincar na casinha com a mana também, fazer o que, eu amo muito ela”, concluiu.

Fonte: G1

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.