Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Sindicato denuncia ao Ministério do Trabalho falta de médicos em maternidades de PE

De acordo com o sindicato, a denúncia também,será enviada ao Ministério Público Federal (MPF) e MPE

Avatar

Publicado

Representantes do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) ingressaram com uma Ação Civil Pública, nesta terça-feira (29), no Ministério Público do Trabalho (MPT) para denunciar a situação em que se encontram as maternidades do Estado.

Segundo o presidente do Simepe, Mário Jorge Lobo,  a crise nas maternidades de alto risco do serviço público estadual não é nova, ou seja, com déficit de plantonistas para suprir as escalas de plantão,  serviços de saúde superlotados, profissionais sobrecarregados em seus locais de trabalho, gestantes internadas de forma improvisada (cadeiras e leitos sucateados em blocos cirúrgicos), risco aumentado de infecção e outras complicações maternas e neonatais.

Ele afirmou que há mais de três anos, o Sindicato denuncia o caos do sistema materno infantil junto aos Conselhos de Saúde, Cremepe, gestores da saúde e MPPE, o que resultou em audiências públicas e encaminhamentos à SES e ao COSEMS. “ A falta de uma politica de Recursos Humanos, por parte dos gestores, que contemple concursos públicos, melhores condições de trabalho, equipes médicas bem dimensionadas, carreira, salários compatíveis com a responsabilidade do profissional, provocaram a situação caótica a que os profissionais  destes serviços estão submetidos”, afirmou,.

Ao documento, foram anexadas fotografias da situação e um pedido de  medidas emergenciais para a rede materno-infantil ante a legitimidade do MPT para atuar na proteção dos direitos trabalhistas (interesses ou direitos difusos ou coletivos).  De acordo com o sindicato, a denúncia também, será enviada ao Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público de Pernambuco (MPPE)

Sindicato afirma que saco preto dentro de centro cirúrgico do Barão de Lucena estava com lixo (Foto: Divulgação/Simepe)   
Sindicato afirma que saco preto dentro de centro cirúrgico do Hospital Barão de Lucena, no Recife, estava com lixo da alimentação das pacientes (Foto: Divulgação/Simepe)


 

 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Hotmart abre 400 vagas de emprego home office; confira

Empresa pretende aumentar contratações este ano.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Pixabay)

A Hotmart está com 400 vagas de emprego home office abertas para o seu time de tecnologia. A modalidade de trabalho é válida para sedes no Brasil (São Paulo e Belo Horizonte) e nos escritórios fora do país.

Após o ano de 2021, os escritórios da empresa serão abertos, mas os funcionários não terão obrigação de voltar ao trabalho presencial, podendo continuar o trabalho home office.

“Nossa ideia é criar escritórios tão incríveis que, mesmo sem obrigatoriedade, muitos vão querer estar lá, próximos uns dos outros. Mas isso não será uma imposição da empresa”, destaca o CEO e cofundador da Hotmart, João Pedro Resende.

A Hotmart pretende aumentar as contratações este ano. Pessoas de qualquer parte do país poderão se inscrever. Veja as vagas nesse site.

*Com informações da Exame

Continuar Lendo

Cotidiano

Influenciadora Ygona Moura morre devido à Covid-19

Ela estava internada havia dez dias em uma UTI em São Paulo. Ygona passou a ser conhecida ao minimizar efeitos da pandemia de Covid-19.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Instagram)

A influenciadora digital Ygona Moura morreu, nesta quarta-feira (27), por complicações da Covid-19. Ela estava internada em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em São Paulo havia dez dias, de acordo com informações do portal UOL. A confirmação do óbito foi dada via perfil dela no Instagram — “Pessoal, perdemos a Ygona”, dizia a postagem.

Mais cedo, familiares da influenciadora usaram a rede social para divulgar detalhes do quadro de saúde de Ygona. “Ygona ainda está intubada e em coma. O quadro se mantém estável e sem nenhuma previsão. Continuamos firmes na fé”, relataram.

Negacionismo da Covid-19

A influenciadora passou a ser conhecida ao minimizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus. Ela chegou a postar vídeos com aglomerações. “Gente, que noite foi essa? Noite de aglomeração com sucesso”, disse em um dos registros. “Aglomerei mesmo e recebi bem para isso”, sentenciou na ocasião.

Hoje, estou aqui pela Tiradentes, estou caçando um baile, quero aglomerar de novo, estava morrendo de saudade de aglomerar”, disse ela, à época, dias antes de ser internada.

Contágio pelo novo coronavírus

Um registro de Ygona desfalecida sobre uma maca foi publicado no perfil dela no dia 16 de janeiro. Na foto, havia uma marcação da música “Indestrutível”, da cantora Pabllo Vittar, e um pedido: “Gente, quem gosta da Ygona peço que orem por ela. Hoje teve uma crise muito forte e nesse está desacordada”.

As respostas à postagem traziam deboche e desaprovação. Alguns satirizaram com a frase “Partiu aglomerar” em referência a manifestações da influencer em outros episódios. Outros desejaram melhoras, mas relembrando ações de Ygona. “Na hora de debochar do Covid-19 e das medidas profiláticas cê fez né? Desejo que você melhore sim e que aprenda essa lição”, disse uma usuária da rede.

Na postagem mais recente feita em ambiente hospitalar, datada de 17 de janeiro, ela se mostrou otimista: “Vai dar tudo certo”, comentou. Vários usuários seguiram com risadas e comentários irônicos. “Partiu aglomerar no IML?”, questionou outra usuária.

*Com informações Diário do Nordeste.

Continuar Lendo

Brasil

Sorteio de hoje da Mega-Sena deve pagar R$ 4 milhões

O valor da aposta simples, com seis dezenas, é de R$ 4,50.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução)

Se alguém acertar hoje (28) sozinho as seis dezenas do concurso 2.339 da Mega-Sena deve levar um prêmio de R$ 4 milhões. O sorteio será realizado, a partir das 20h, no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

O concurso desta quinta-feira é o segundo da Mega-Semana de Verão, a primeira das oito mega-semanas do ano, quando é incluído um sorteio extra ao apostador. O primeiro ocorreu na terça-feira (26) e o terceiro será no sábado (30).

Se apenas um apostador ganhar o prêmio e aplicar na caderneta de poupança, receberá R$ 4.636,00 de rendimento no primeiro mês. O total seria suficiente para adquirir uma frota de 50 carros populares de R$ 40 mil cada.

As apostas podem ser feitas até as 19h nas casas lotéricas, pelo portal Loterias CAIXA e pelo app Loterias CAIXA, disponível para usuários das plataformas iOS e Android.

O valor da aposta simples, com seis dezenas, é de R$ 4,50.

*Com informações Agência Brasil

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.