Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

‘Sob Pressão’ homenageia profissionais da saúde em especial sobre a Covid-19

Globo exibe dois episódios especiais da série, focados na pandemia, a partir desta terça-feira

Lucas Passos

Publicado

Atores tivera que seguir um protocolo de segurança durante as gravações – Foto: Globo/Paulo Belote/Divulgação

Desde que a pandemia se instaurou no Brasil, nos acostumamos a acompanhar dia após dia a atualização dos dados relacionados ao coronavírus. Por trás dos números de infectados, mortos e curados, no entanto, muitas histórias passam despercebidas. Aclamada pelo público por mostrar a cruel realidade da saúde pública no País por meio da ficção, a série “Sob Pressão” dedica uma edição especial aos profissionais de saúde que vêm lutando contra essa grave doença.

Com o subtítulo de “Plantão Covid”, os dois episódios retratam o ambiente de um hospital de campanha no pico de contágio da pandemia, com médicos e enfermeiros chegando ao limite para salvar vidas. A estreia ocorre nesta terça-feira (6), na Globo, depois de “A Força do Querer”. O episódio seguinte vai ao ar no dia 13 de outubro.

“Quando a pandemia começou, era inevitável associar essa crise sanitária mundial a um programa que fala sobre saúde. Decidimos oferecer algo que pudesse contemplar o assunto, fazendo uma homenagem aos profissionais de saúde. A gente tem visto a força e a importância deles nesse momento”, comenta Lucas Paraizo, autor da série.

A dramaturgia traça um recorte dos meses de abril e maio – segundo e terceiro mês da pandemia no Brasil. Segundo Andrucha Waddington, diretor artístico da obra, a realidade inspirou completamente a trama. “Estamos lidando com um retrato muito sólido do que aconteceu, porque houve uma pesquisa muito grande. Tudo o que envolve a temática, seja do ponto de vista humano ou o lado político, pode ser visto nos episódios”, garante.

Um hospital de campanha cenográfico, com pouco mais de mil metros quadrados, foi montado nos Estúdios Globo. As gravações no local ocorrerem em agosto, seguindo protocolos rígidos de segurança. “Para mim, a sensação foi de fazer uma temporada, porque foi muito cansativo. Além de todos cuidados e o estado de alerta permanente por causa do medo de se contaminar, teve o desafio de lidar com a instabilidade emocional desse momento”, diz a atriz Marjorie Estiano, no papel da médica Carolina.

Julio Andrade, que vive o médico Evandro, conta que foi um desafio atuar utilizando equipamentos de proteção, como máscara e face shield. “O olho no olho é o mais importante quando você contracena com alguém. A gente não teve isso. Vamos descobrir agora se funcionou, mas foi interessante fazer”, afirma. O passado do personagem interpretado pelo ator vai aparecer no especial através de um flashback, que mostrará como ele decidiu abraçar a medicina. Ravel Andrade, irmão de Julio, será o médico na juventude.

Na trama, Evandro e Carol voltam ao Rio de Janeiro após um período atuando no Interior do Brasil como voluntários. Além de Décio (Bruno Garcia), Charles (Pablo Sanábio), Vera (Drica Moraes), Keiko (Julia Shimura) e Rosa (Josie Antello), personagens já conhecidos pelo público, se juntam à equipe médica o neurocirurgião Mauro (David Junior) e a enfermeira Marisa (Roberta Rodrigues). Também há participações de Fabiula Nascimento, Marcello Melo Junior, Luellem de Castro, Marcos Caruso e outros atores. Já toda escrita, a quarta temporada de “Sob Pressão” deve estrear em 2021.

Fonte: FolhaPE

Entretenimento

Namorado da mãe de Neymar diz ter sido esfaqueado no México

PortalPE10 com informações UOL

Publicado


O modelo Tiago Ramos, namorado de Nadine Gonçalves, mãe de Neymar, foi esfaqueado em um restaurante, durante uma viagem a Cancún, no México. O ex-jogador de futebol estava no país a convite da amada. Ele afirma não saber as razões do ataque. “Cheguei no restaurante e pedi um prato de carne, não sei o que aconteceu, não fiz nada, mas não me deixaram ficar”, contou no Instagram.

Na publiacação em que desabafa sobre a situação, Tiago mostra o rosto machucado e a boca inchada. A nuca também aparenta estar ensanguentada.

Segundo o relato de Tiago, ele apanhou de dois homens e um terceiro o atingiu com uma faca nas costas. “Isso não vai ficar assim. Eu tenho o número de quem fez isso e vou voltar ao México“, afirmou.

Em seguida, ele disse estar sozinho em Cancún, dando a entender que Nadine foi embora antes. “Estou sozinho aqui, véio… Não sei como vou voltar para o Brasil assim. Vou ter q colocar um boné, sei lá… Mas eu volto aqui”.

Continuar Lendo

Entretenimento

Pabllo Vittar conquista título de homem do ano e comemora: “Viado de peruca ganhou”

“Quero agradecer a revista por ser um porta-voz da nossa comunidade neste momento. Quero agradecer todos os meus fãs”, disse Pabllo no Instagram. “Estou muito feliz mesmo”, completou.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução)

Pabllo Vittar é o ícone do ano na premiação “Men of the Year 2020” da revista GQ Brasil. A artista, de 26 anos, celebrou a conquista nas redes sociais. “É isso mesmo minhas filhas, o viado de peruca ganhou”, disse em um vídeo compartilhado no Instagram.

Vittar foi eleita na categoria por sua contribuição à música pop brasileira, pela representatividade da comunidade LGBTQIA+ e pelo uso de sua voz na defesa da inclusão.

“Quero agradecer a revista por ser um porta-voz da nossa comunidade neste momento. Quero agradecer todos os meus fãs”, disse Pabllo no Instagram. “Estou muito feliz mesmo”, completou.

Com a vitória, Pabllo se torna a primeira drag queen a ganhar o título. “Ganhar um Men Of The Year é afirmar que posso, sim, caminhar pelo masculino, pelo feminino e ter sucesso em ambos”, disse ela.

*Com informações Atrevida*

Continuar Lendo

Entretenimento

WhatsApp: mais de 450 mil brasileiros tiveram o aplicativo clonado em outubro

De acordo com a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre mensageria no país, o aplicativo está presente em 99% dos smartphones.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação)

O WhatsApp se tornou uma ferramenta de comunicação essencial para os brasileiros. De acordo com a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre mensageria no país, o aplicativo está presente em 99% dos smartphones. E os criminosos cibernéticos estão de olho nesse mar de vítimas em potencial.

Segundo estimativas do dfndr lab, da PSafe, 453 mil pessoas tiveram o WhatsApp clonado ou suas contas na plataforma falsificadas no mês de outubro no país, o que dá uma média de quase 15 mil golpes por dia.

O método para faturar com a fraude se mantém o mesmo ao longo dos últimos anos: os criminosos se passam pela vítima no WhatsApp e pedem dinheiro emprestado para amigos e familiares dela, seja por transferências ou pagamento de boletos. Mas as técnicas para fazer isso evoluíram.

*Com informações O Globo

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.