Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

STJ decide:Investigação do crime do promotor Tiago Faria será da Policia Federal

PF aguarda o recebimento do inquérito. MPF irá nomear um procurador para o caso

Avatar

Publicado

Está oficialmente federalizada toda a investigação sobre o assassinato do promotor Thiago Faria Soares, de 36 anos. A decisão foi publicada no começo deste mês no Diário de Justiça Eletrônico do Superior Tribunal de Justiça (STJ) através da deliberação do ministro Rogério Schietti Cruz, relator do “incidente de deslocamento de competência” – que trata da transferência das investigações para o âmbito federal. Desde a última quarta-feira (13) foram expedidos os telegramas judiciais para a Diretoria Geral do Departamento de Polícia Federal, Subseção Judiciária de Arcoverde, procurador-geral da República, presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco e o juiz da Comarca de Itaíba.

O departamento da Polícia Federal, em Brasília, procurado pelo Jornal Folha de Pernambuco, afirmou que não irá se manifestar sobre a decisão judicial, tampouco confirmar o recebimento do documento que oficializa a instituição como força policial responsável pelo caso. Já o Ministério Público Federal (MPF) – Procuradoria da República em Pernambuco alegou que já está ciente sobre a federalização do crime, contudo, aguarda a chegada do inquérito policial para tomar as primeiras medidas, que incluem a nomeação de um procurador da República para o caso. 
Em sua argumentação, o relator do processo, Rogério Schietti, entendeu que a demora no esclarecimento do crime representa grave violação dos direitos humanos, podendo resultar na impunidade dos seus mandantes e executores. “Considerando que já se passaram mais de oito meses desde o relatado homicídio e que a falta de entendimento entre a Polícia Civil e o Ministério Público estadual tem ensejado um conjunto de falhas na investigação criminal que pode acabar comprometendo o resultado da persecução penal – com risco, inclusive, de gerar impunidade dos mandantes e executores do noticiado crime”, alegou no documento com a decisão judicial.

A solicitação de federalização das investigações foi realizada ao STJ pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot Monteiro de Barros, por conta de uma solicitação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), que não se pronuncia sobre o caso do promotor. A alegação do procurador foi que haveria um conflito aberto entre a Polícia Civil e o MPPE, o que demonstra uma dificuldade em oferecer uma resposta ao crime, que ainda aflige os familiares da vítima, como veiculado com exclusividade pela Folha na edição do dia 28 de julho, quando o irmão do promotor, Daniel Faria, conversou com a reportagem.

Na ocasião, o familiar sentia a necessidade de que as investigações fossem assumidas pela Polícia Federal, já que estava ciente do conflito institucional no âmbito Estadual. Ainda sobre a decisão do “incidente de deslocamento de competência”, o ministro Schietti advertiu que a opção não deve ser a primeira providência a ser tomada, apenas sendo apropriado em situações que apresentem indícios de descaso, desinteresse, ausência de vontade política, falta de condições pessoais ou materiais das instituições responsáveis. Para ele, conforme o documento, a morte do promotor pode ter resultado da ação de grupos de extermínio que atuam na região, conhecida como o Triângulo da Pistolagem.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Pernambuco registra 1.702 casos e 18 mortes pela Covid-19 nas últimas 24h

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta sexta-feira (15/01), 1.702 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 76 (4%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.626 (96%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 239.155 casos confirmados da doença, sendo 30.177 graves e 208.978 leves.

Também foram confirmados 18 óbitos, ocorridos entre os dias 11/11/2020 e 13/01/2021. Com isso, o Estado totaliza 9.964 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Continuar Lendo

Cotidiano

Celpe doará refrigeradores para armazenar vacinas contra covid-19 a municípios pernambucanos

Diversas cidades também serão beneficiadas.

Redação PortalPE10

Publicado

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) doará refrigeradores científicos para que 136 municípios de Pernambuco possam armazenar vacinas contra covid-19. 296 cidades na área de concessão da Coelba (BA), 95 no Rio Grande do Norte (Cosern) e 131 em São Paulo (Elektro), também serão beneficiadas.

“Neste momento em que a campanha de vacinação é a saída para conter a pandemia de Covid-19, apoiamos os municípios mais necessitados das nossas áreas de concessão, que precisam dos refrigeradores adequados para a vacinação da população com segurança”, disse o CEO da Neoenergia, Mario Ruiz-Tagle.

A companhia terá a parceria da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) no estado.

De acordo com a Celpe, os refrigeradores são de fabricação nacional possuem temperatura programável e constante entre 2ºC e 8ºC. Eles também têm sensores e um sistema de alarme remoto a distância. Além disso, as câmaras têm capacidade de 280 litros e pode armazenar aproximadamente 18 mil doses de 0,5 ml.

Refrigeradores antigos devem ser entregues
Os governos municipais precisam entregar refrigeradores antigos para as distribuidoras da Neoenergia, nas UTDs (Unidade Territorial de Distribuição) das empresas para poder receber os novos equipamentos.

*Com informações Blog de Jamildo

Continuar Lendo

Cotidiano

Arma utilizada em homicídio de PRF é apreendida na Zona Oeste do Recife

Há suspeita de que revólver tenha sido utilizado em outros crimes.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação/PRF)

Um revólver calibre .38 utilizado na morte do PRF Eduardo de Souza foi apreendido na quinta-feira (14), em um terreno baldio no Bairro do Coqueiral, na Zona Oeste do Recife. A arma foi encontrada a partir de informações de dois homens, que foram detidos durante uma ação da Delegacia de Polícia Civil de Casa Amarela, do Departamento de Repressão ao Narcotráfico (DENARC) e Polícia Penal (GISO), com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Os suspeitos pela morte do policial declararam que a arma havia sido jogada no açude de Apipucos, mas o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) não acreditava nessa hipótese. Após um intenso trabalho de inteligência das Forças de Segurança Pública, entre elas a Polícia Militar de Pernambuco(PMPE), outros elementos que colaboram para o inquérito foram encontrados.

.:: Leia também: Morte de policial rodoviário federal no Recife foi provocada por desentendimento em bar, diz Polícia Civil

.:: Leia também: Dois homens são presos em flagrante por suspeita de assassinato de policial rodoviário federal no Recife

A arma não estava municiada e existe a suspeita de que pode ter sido utilizada na prática de outros crimes. O revólver foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Casa Amarela e será entregue ao DHPP, que está à frente da investigação.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.