Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Tragédia da boate Kiss, que matou 242 pessoas, completa 5 anos sem culpados

Os dois sócios da casa noturna e os músicos da banda Gurizada Fandangueira, que tocavam no local, aguardam julgamento.

Avatar

Publicado

Foto: Reprodução
Cinco anos depois do incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria (RS), que matou 242 pessoas e deixou outras 636 feridas, ninguém foi responsabilizado criminalmente. Ainda sem data para o julgamento, falta uma decisão final sobre a ida a júri popular dos quatro réus no processo. Familiares e sobreviventes promovem hoje homenagens por toda a cidade em memória das vítimas.

Em 27 de janeiro de 2013, a boate sediava uma festa universitária com show da banda Gurizada Fandangueira. Durante a apresentação, o grupo utilizou um tipo de fogo de artifício, conhecido como chuva de prata, que entrou em contato com o revestimento das paredes e do teto composto por um produto altamente inflamável e tóxico. As chamas se espalharam rapidamente e o estabelecimento, lotado, não tinha saída de emergência.

Segundo testemunhas, não havia sinalização interna e a boate ficou sem luz assim que o fogo começou. Com dificuldade para sair, pessoas morreram asfixiadas no banheiro. O local tinha capacidade para 700 pessoas, mas naquela noite recebia 1.061.

Os dois sócios da boate Elissandro Spohr e Mauro Hoffmann e os músicos da banda Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Augusto Bonilha Leão são os acusados pelo incêndio e podem responder por homicídio duplamente qualificado, sendo 242 consumados e 636 tentativas. Os quatro foram presos, preventivamente, dias depois do ocorrido e liberados em março daquele ano. 

O processo teve algumas reviravoltas e segue sem definição. A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul manteve, em março do ano passado, a decisão da primeira instância de mandar o caso a júri popular, mas, em dezembro, o TJ/RS, respondendo a um recurso da defesa, decidiu que os réus não irão a julgamento popular por não configurar crime doloso, ou seja, intenção de matar.

“Assumir o risco é algo mais do que ter consciência do risco, mas consentir com o resultado que venha a ocorrer”, disse o relator do processo, desembargador Vitor Luís Barcelos, que foi acompanhado por outros três magistrados. O resultado da votação ficou empate e favoreceu a defesa com o afastamento do júri.

O Ministério Público Estadual, que sustenta a existência de crime doloso, recorreu e garantiu que pedirá, em todas as instâncias necessárias, que a sociedade julgue os acusados. “Se existir qualquer indício que aponte no sentido da possibilidade de existência do dolo, deve o acusado ser submetido a julgamento pelo júri”, sustenta o recurso assinado pelo coordenador da Procuradoria de Recursos, Luiz Fernando Calil de Freitas, e pelo promotor assessor Rodrigo Azambuja.

Homenagens

Para atuar como assistente de acusação no processo contra os réus e promover ações que mantenham viva a memória das vítimas, foi criada a Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria. Hoje, várias ações em homenagem aos que morreram serão realizadas na cidade. Entre elas, um concurso público para escolher o projeto do Memorial às Vítimas da Kiss, a ser construído no lugar da boate.

O dinheiro que será investido no projeto é fruto de financiamento coletivo. A campanha encerrou-se em novembro e arrecadou R$ 250 mil, superando a meta inicial, estipulada em R$ 150 mil. Com o dinheiro, será possível custear a elaboração do concurso, a premiação dos cinco melhores projetos e o pagamento dos honorários do vencedor. O valor também vai possibilitar a execução de projetos complementares para o Memorial, como o hidráulico, o elétrico, projeto hidrossanitário e o Plano de Prevenção de Combate a Incêndio (PPCI).

“A importância que esse memorial terá é dizer que isso não pode acontecer mais”, afirmou o presidente da AVTSM, Sérgio da Silva. Ele ressaltou que a obra vai trazer dignidade às famílias das vítimas da tragédia. “Hoje em dia, nós não temos nenhum acusado, ninguém é responsável. Então, acho que esse memorial vai tratar, indiretamente, a questão da justiça, já que estamos abandonados em relação a isso”, disse. O espaço onde funcionava a casa noturna foi desapropriado, em 2017, pela prefeitura e cedido para a construção do memorial.

As homenagens que marcam os cinco anos da tragédia seguem uma programação que teve início na quinta-feira, com o lançamento do livro Todo dia a mesma noite, da jornalista Daniela Arbex, feito a partir de entrevistas com familiares e envolvidos na tragédia. Ontem, foi exibido o documentário Depois Daquele Dia, de Luciane Treulieb, irmã de uma das vítimas. Hoje será realizada a tradicional vigília em frente ao prédio, na Rua dos Andradas, além de culto ecumênico e a soltura de 242 balões, simbolizando cada uma das vítimas que perderam a vida em janeiro de 2013.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Falsa grávida é presa com drogas escondidas em melancia presa na barriga

Para não levantar suspeitas, ela havia amarrado fruta ao corpo e escondido os entorpecentes dentro.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

Falsa grávida é presa com drogas escondidas em melancia presa na barriga em Guaratinguetá. (Foto: PM/Divulgação)

Uma mulher de 38 anos foi presa com 2 kg de pasta base de cocaína escondidos em uma barriga falsa em Guaratinguetá (SP). Segundo a polícia, a mulher usou uma melancia para forjar a barriga de grávida e escondia os entorpecentes dentro da fruta. O flagrante foi neste domingo (29).

Segundo a PM, a mulher estava em um ônibus de turismo que seguia para o Rio de Janeiro quando passageiros suspeitaram e chamaram a polícia.

Durante a abordagem, a polícia percebeu que ela estava com uma barriga falsa e encontrou a droga.

Continuar Lendo

Cotidiano

Governo argentino diz que nova nuvem de gafanhotos está próxima da divisa com Brasil

Técnicos dizem que inseto é de um tipo diferente do que se aproximou em agosto.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Twitter)

O governo da Argentina alertou que uma nova nuvem de gafanhotos está próxima do Rio Grande do Sul, no Brasil. O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) disse, na sexta-feira (27), que percebeu os insetos nas cidades Campo Viera e Itacaruaré, na província de Misiones, próximas às cidades brasileiras Rincão Vermelho e Porto Xavier.

Os técnicos disseram que o gafanhoto é de um tipo diferente do que ficou próximo ao Brasil em agosto. O animal foi visto em três fazendas em Campo Vieira e uma em Itacaruaré.

Insetos estão sendo monitorados

O deslocamentos desses insetos está sendo monitorado.

*Com informações NE10

Continuar Lendo

Cotidiano

Aeromoça é investigada por ‘serviço adulto’ durante voos

Em páginas nas redes sociais, a comissária da British Airways oferece experiências sexuais aos passageiros.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução/Facebook)

A companhia aérea British Airways está investigando alegações de que uma de suas aeromoças está trabalhando como garota de programa e oferece “entretenimento adulto” durante os voos. Em fotos associadas às denúncias, a comissária até mesmo vende suas roupas íntimas aos passageiros.

Não identificada, a mulher anuncia seus serviços por meio de fotos ousadas nas redes sociais, muitas delas focadas em seus pés e pernas com meias e brinca que ela frequentemente não usa calcinha durante os voos, segundo o jornal The Sun.

Em vez disso, essas roupas íntimas são vendidas por U$ 33 (cerca de R$ 176) – metade do valor que custa uma “taxa de segurança” para mais tarde encontrá-la em um hotel, ela teria dito a um repórter investigativo do jornal do Reino Unido.

Além de oferecer sexo entre as viagens, ela oferece guloseimas não especificadas aos passageiros se o dinheiro estiver certo, disse o jornal. “Se você quiser entretenimento adulto a bordo, tudo o que você precisa fazer é me dar uma quantia em dinheiro e terá uma experiência totalmente diferente à sua escolha”, a aeromoça teria escrito em um blog.

Seguidores de suas redes sociais – muitos dos quais parecem ter sido deletados no domingo após as revelações – pareceram sem dúvidas saber sobre o que ela estava fazendo. “Espero que você ganhe um bom dinheiro e fique bem, garota”, um seguidor respondeu a uma foto.

Contatada pelo jornal, a assessoria da British Airways respondeu através de um porta-voz e disse que a empresa “espera o mais alto padrão de comportamento de todos os nossos colegas em todos os momentos e estamos investigando as alegações”.

“Ela está claramente se prostituindo e impulsionando seus negócios usando fotos tiradas a bordo de aviões BA”, disse uma fonte ao The Sun; “É um abandono chocante do dever e não a imagem que a BA quer de sua tripulação de cabine”, disseram as fontes.

A British Airways disse ao jornal do Reino Unido que lançou uma investigação e estava tentando identificar a aeromoça misteriosa.

*Com informações LeiaJá

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.