Nos siga nas redes sociais

Brasil

Vaquinha para Jadir, vítima de ação truculenta, já reúne R$ 150 mil

Lucas Passos

Publicado

© Denise

O dia 10 de agosto foi atípico para Jadir Carvalho Santana, de São José dos Campos (SP). O morador de rua, junto de sua cachorrinha Isabela, foi abordado pela Guarda Civil e foi vítima de uma ação truculenta no centro da cidade. Com o intuito de ajudá-lo, surgiu a ideia de criar uma vaquinha.

Após o ocorrido, a história de vida de Jadir Carvalho não demorou para ganhar destaque e percorrer o Brasil inteiro pelas redes sociais. Isso porque o morador é conhecido em sua cidade e sua situação comoveu diversas pessoas.

Esta é apenas uma das muitas campanhas que nos últimos tempos ganharam visibilidade na internet e fizeram com que a solidariedade falasse mais alto. Depois de viralizar nas redes sociais, o joseense ganhou uma vaquinha online e já arrecadou R$ 150 mil para poder sair das ruas, investir em um lar próprio e no sonho de ter um lava-rápido.

Grupo de amigos se une para doar refeições a moradores de rua

Entenda a história do seu Jadir

De acordo com o jornal “Estado de Minas”, Jadir estava tentando entrar no Mercadão de São José com sua fiel escudeira Isabela quando foi proibido pelos agentes, que acabaram usando força para impedir o morador. A ação chocou as pessoas que estavam no local, já que três agentes imobilizaram o homem, usaram força física e chegaram até a derrubar a cachorrinha, que estava em seu colo, no chão.

Os vídeos feitos por quem estava por perto chocaram as redes sociais e causaram espanto ao redor do Brasil, já que Jadir chegou a ser preso e levado para a delegacia _ sem sua cachorrinha.

Antes mesmo de sair da delegacia, no entanto, Jadir estava famoso na internet! Tinha até um perfil no Instagram que trouxe uma mensagem diante de tudo o que estava acontecendo:

“Oi, meus amigos e amigas. Eu e minha filha, Isabela, estamos muito felizes com o carinho e todo o apoio que estamos recebendo. Vocês não existem. Seremos eternamente gratos. Obrigado de todo meu coração por me ajudarem a reescrever a nossa história. Sejam Bem-Vindos!!! @jadir_isabela #JUNTOSCOMJADIR”, diz a primeira postagem.

Saiba mais sobre a vaquinha

Criada no Vakinha, a vaquinha do seu Jadir traz uma mensagem que aquece o coração. Isso porque vai ser importante para realizar um sonho: ter uma casa própria e investir em um negócio, um lava-rápido. Assim, ele e sua cachorrinha poderão sair das ruas e recomeçar a vida. Para isso, a campanha tem como objetivo arrecadar R$ 200 mil e, até o momento, o joseense já conquistou R$ 150 mil.

“Vamos juntos transformar a vida do nosso Jadir e da Isabela. o sonho dele é ter seu próprio lava rápido e sua própria casinha, podemos contar com você? Obrigado ♥️”, diz a descrição.

Para o Vakinha, estar presente nesses momentos é de grande importância, já que a ideia da empresa é poder disponibilizar um espaço seguro e confiável para que pessoas possam criar suas campanhas online e arrecadar valores que vão ajudar ou apoiar causas. “Queremos gerar impacto e fazer a diferença dessa forma, oferecendo uma oportunidade para uma pessoa ser ajudada e para tantas outras ajudarem”, conta Luiz Felipe Gheller, CEO da empresa, que finaliza: “Nosso lema é: toda ajuda começa aqui. E estamos vendo isso acontecer com o seu Jadir também”.

Se você também quiser participar deste sonho com o Seu Jadir, clique para ir até a vaquinha. As informações são do site Catraca Livre

Brasil

Bolsonaro diz que tomará vacina por último: “Há muita gente apavorada”

Presidente afirma que não tem presa em se imunizar e que cederá seu lugar a quem deseja se submeter logo à vacinação.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Crítico da vacina contra a Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, na noite dessa sexta-feira (16/4), que pretende se vacinar “por último”, pois “há muita gente apavorada” esperando pela imunização. Ele tem 66 anos e já está apto para receber a vacina no Distrito Federal desde o dia 3 de abril. As informações são do Metrópoles.

“O que acontece, tem muita gente apavorada aí aguardando a vacina, então deixa as pessoas tomarem na minha frente. Vou tomar por último. Eu acho que essa é uma atitude louvável. Porque tem gente que não sai de casa, está apavorado dentro de casa”, disse o presidente a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

O chefe do Executivo federal, no entanto, já reiterou dezenas de vezes que não se imunizaria e fez algumas investidas contra a vacina.

Ao menos, três membros do alto escalão do governo federal já se vacinaram: o vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB); o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o ministro do GSI, Augusto Heleno.

Bolsonaro é o único presidente do G20, grupo que reúne as economias mais ricas do mundo, a ter negado, repetidas vezes, a hipótese de se vacinar.

Continuar Lendo

Brasil

Vídeo: Crianças eram usadas em ritual de sacrifício para “acabar” com pandemia no Pará

Segundo os investigadores, três crianças envolvidas no ato foram resgatadas pelo Conselho Tutelar e encaminhadas para cuidados em um abrigo.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

(Foto: Reprodução)

Um grupo de crianças, que estava sendo usado em um ritual religioso por uma família, foi resgatado pela Polícia Civil, na cidade de Bragança, nordeste do Pará. Conforme informações de testemunhas, no final da cerimônia macabra, as crianças seriam sacrificadas.

Ainda de acordo com pessoas que viram o ato, o objetivo do ritual seria “acabar” com a pandemia do coronavírus. As informações são do G1.

Nas imagens postadas nas redes sociais é possível ver pessoas rezando em volta de crianças, que, assustadas, gritam e choram. Ao redor, outras pessoas tentam impedir, mas são afastadas pelo grupo que praticava o ritual.

Conselho Tutelar

Acionada, a Polícia Civil foi ao local. Segundo os investigadores, três crianças envolvidas no ato foram resgatadas pelo Conselho Tutelar e encaminhadas para cuidados em um abrigo. Não foi divulgado o estado físico e psicológico das crianças.

A Polícia Civil informou, ainda, que está investigando o caso por intermédio da Superintendência Regional do Caeté, para identificar todos os envolvidos. Os policiais não confirmaram nenhuma prisão.

Continuar Lendo

Brasil

Caixa sorteia neste sábado (17) R$ 40 milhões da Mega-Sena acumulada

Prêmio está acumulado a seis sorteios.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Reprodução)

A Caixa pode pagar R$ 40 milhões no sorteio deste sábado (17) da Mega-Sena. O prêmio está acumulado há seis sorteios e as apostas podem ser feitas por maiores de 18 anos até as 19h, no horário de Brasília, nas lotéricas de todo o país, pelo portal Loterias Caixa ou pelo aplicativo Loterias Caixa. As informações são da Agência Brasil.

Ganha quem acertar seis, cinco ou quatro números sorteados, dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para aumentar as chances, é possível marcar 15 números. O apostador pode, ainda, deixar que o sistema escolha os números, na aposta Surpresinha, e/ou concorrer com os mesmos números por dois, quatro ou oito concursos consecutivos, na aposta Teimosinha.

O sorteio do concurso 2.363 será realizado a partir das 20h, horário de Brasília, no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo (SP). O evento é transmitido ao vivo pelas redes sociais da Caixa e as gravações ficam disponíveis no site Loterias Caixa, na aba transmissão de sorteios.

Os sorteios da Mega-Sena ocorrem às quartas-feiras e são sábados. A aposta mínima, de seis dezenas, custa R$ 4,50.

De acordo com estimativas do banco, caso apenas um apostador acerte o prêmio principal no sorteio de hoje e queira investir no setor imobiliário, o valor seria suficiente para comprar 57 imóveis, de R$ 700 mil cada. Aplicado na poupança, o prêmio renderia cerca de R$ 63 mil no primeiro mês.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.