Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Veja as principais frases de Lula no último discurso antes da prisão

Lula disse que vai se entregar à Polícia Federal, para cumprir a pena de 12 anos e um mês de reclusão

Avatar

Publicado


Foto: Reprodução
O ex-presidente Lula fez neste sábado, 7, um comício como nos velhos tempos do sindicalista após a missa em homenagem a Marisa Letícia, ex-primeira-dama que morreu em fevereiro de 2017 e completaria 68 anos.

Do alto do carro de som à porta do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, seu berço político, ele falou durante quase uma hora à multidão de companheiros e militantes.

Lula disse que vai se entregar à Polícia Federal, para cumprir a pena de 12 anos e um mês de reclusão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do caso triplex do Guarujá.

“Eu sairei dessa maior, mais forte, mais verdadeiro e inocente. Vou de cabeça erguida e sair de peito estufado porque vou provar a minha inocência.”

FALA, LULA

“Eu nasci aqui nesse sindicato. Quando eu cheguei aqui, esse sindicato era um barraco. E eu queria que esse pessoal soubesse que parte das conquistas da democracia brasileira a gente deve a esse sindicato dos metalúrgicos a partir de 1978.”

“Esse sindicato, diferente de outros sindicatos, tem 283 diretores. E pra ser diretor, é preciso primeiro ser eleito para uma comissão pelos trabalhadores do chão de fábrica. Se tivesse mais sindicatos assim, certamente teríamos menos pelegos por aí.”

“Em 1979 fizemos uma greve e tínhamos um bom acordo com os patrões. E 100 mil pessoas no estádio da Vila Euclides não aceitavam o acordo, que era o melhor possível. Radicalizada, a peãozada queria 83% ou nada. Não aprovaram. Durante um ano, fomos chamados de pelegos. No ano seguinte, 1980, fizemos a maior greve da nossa história: 41 dias.em 17 dias eu fui preso. O Tuma ia na cadeia e falava pra eu convencer os trabalhadores a acabar com a greve. Eu disse: os trabalhadores vão decidir.”

“Ganhamos politicamente muito mais em 1980, do que no ano anterior, quando tivemos vitória econômica.”

“Mentiram no meu processo e eu digo com segurança: nenhum deles dorme com a consciência tranquila como eu durmo com a minha inocência.”

“Eu não posso perdoar eles, por meio da mentira, terem passado para a sociedade a ideia de que sou um ladrão. Sem provas, só com convicção.”

“Eu acredito na Justiça e não estou acima da lei. Mas acredito numa justiça verdadeira, baseada nos autos do processo. Não posso admitir mentiras e um powerpoint como justiça.”

“O que eles não percebem é que quanto mais eles me atacam, mais fortalecem minha relação com a sociedade brasileira.”

“Eu já falei que aceito debate com Moro, com qualquer juiz. Quero que eles provem qualquer crime que eu cometi.”

“Um dia eu sonhei que era possível um metalúrgico sem diploma universitário cuidar melhor da educação do que todos os doutores que já governaram este país.”

“Eu sonhei que era possível levar estudantes das periferias para as melhores faculdades deste país, para que a gente não tivesse só juízes e procuradores da elite. Esse crime eu cometi. E é isso que eles não admitem.”

“Se o crime que eu cometi foi levar comida e educação para os pobres, eu digo que quero continuar sendo criminoso neste país.”

“Só tem um jeito de alguém ganhar de mim no PT: é gostar do povo mais do que eu e trabalhar mais do que eu.”

“Não é fácil o que eles fizeram com a Marisa, o que eles fazem com meus filhos. A imprensa e o MP adiantaram a morte da Marisa.”

“Não pensem que eu sou a Lava Jato, não! Se encontrarem ladrão mesmo, que peguem e prendam.”

“Um juiz, diferente da gente, precisa ter a cabeça fria, responsabilidade na hora de julgar.”

“Como presidente, eu fortaleci o MP e o Judiciário. E sempre disse: quanto mais forte a instituição, mais responsáveis precisam ser seus membros.”

“Quando deram o golpe na Dilma eu já dizia que o golpe não fechava com Lula eleito em 2018. Para eles, pobre não pode ter direito.”

“Um sonho de consumo deles é que eu não seja candidato. O outro é a foto da minha prisão. Imagino a tesão da Veja. Eles vão ter orgasmos múltiplos.”

“Eles querem e eu vou atender o pedido deles. E quero fazer aqui uma transferência de responsabilidade: eles acham que o problema deles é só o Lula. Eles vão descobrir que o problema são todos vocês. Minhas ideias já estão pairando no ar e não tem como prendê-las.”

“Não adianta eles tentarem me parar. Eu não vou parar porque não sou ser humano, sou uma ideia e estou com vocês.”

“Eu vou cumprir o mandado (de prisão). E vocês, de agora em diante, não se chamam Chiquinha ou Pedrinho, vocês todos são Lula e vão andar pelo país fazendo o que precisa ser feito.”

“Eu não tenho mais idade para fazer outra coisa a não ser enfrentá-los olho no olho.”

“Quanto mais dias eles me deixarem lá, mais Lulas vão nascer neste país.”

“Eu vou provar a minha inocência. Façam o que quiser, os poderosos podem matar uma, duas ou cem rosas. Mas jamais conseguirão deter a chegada da primavera.”

“Nós não queremos repetir a barbaridade que fizeram com a Marielle e com a juventude negra nesse país.”

“Vou chegar ao delegado e dizer que estou à disposição. A história vai provar que quem cometeu o crime foi o delegado, o juiz que me acusou e o Ministério Publico.”

“Eu sairei dessa maior, mais forte, mais verdadeiro e inocente. Eu não tenho como pagar o carinho e respeito que vocês têm me dado nos últimos anos.”

“Esse pescoço aqui eu não baixo. Vou de cabeça erguida e sair de peito estufado porque vou provar a minha inocência.”

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Consumo de bebidas alcoólicas cresce entre as mulheres

O corpo leva de 1 a 3 horas para metabolizar uma dose de álcool no organismo.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Fábio Alves / Unsplash)

O consumo de bebidas alcoólicas entre as mulheres tem se tornado cada vez mais frequente. Segundo dados levantados pela Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) revela que 17% das mulheres com mais de 18 anos de idade, consumiram bebidas alcoólicas uma vez ou mais por semana em 2019. O estudo foi realizado com base no estado de saúde, estilo de vida, saúde bucal e doenças crônicas destas pessoas.

Para Alfredo Almeida Pina Oliveira, especialista em práticas de promoção da saúde e coordenador do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Enfermagem da Universidade UNG, apesar do consumo do álcool ser muito comum, existem problemas que podem ser reduzidos ou evitados. Os riscos dependem de diversos fatores como a quantidade de álcool consumida, padrão de consumo, vulnerabilidade (genética, psicológica, social), presença de doenças prévias ou uso de medicamentos, outros hábitos de saúde, entre outros.

“Sabe-se que o consumo nocivo do álcool está fortemente relacionado com cerca de 200 tipos de doenças, lesões resultantes de violência e acidentes de trânsito e morte”, explica. Os principais problemas de saúde associados ao álcool são: transtornos por uso do álcool, suicídios, violência doméstica, lesões no trânsito, epilepsia, cirrose hepática, câncer (boca, esôfago, intestino, mama), pancreatite, tuberculose e hipertensão (pressão alta).

Algumas doenças são totalmente atribuíveis ao álcool, como por exemplo, a síndrome de dependência do álcool, enquanto outras têm uma grande parcela atribuível ao álcool, como é o caso da cirrose (em 48% de todos os casos de cirrose estima-se que a causa seja o consumo de álcool). No caso de lesões no trânsito, câncer de boca e pancreatite, mais de 25% dos casos são atribuíveis ao álcool.

“O consumo de álcool causa prejuízos não apenas à saúde de quem bebe, mas também de seus familiares. Problemas de relacionamento, violência, negligência, gastos e perda de patrimônio e da sociedade como um todo, acidentes de trânsito, prisão e redução da produtividade no trabalho”, disse o especialista.

O corpo leva de 1 a 3 horas para metabolizar uma dose de álcool, o tempo é maior em pessoas que apresentam uma menor quantidade de enzimas ou menor quantidade de água no organismo. Por exemplo, mulheres e indivíduos que apresentam alguns problemas de saúde ou fazem uso de determinados medicamentos.

O álcool é processado no organismo mais lentamente do que é absorvido, de modo que além da quantidade total de álcool é importante controlar a velocidade e a forma do consumo. O beber pesado episódico (BPE), também conhecido pelo seu termo em inglês como “bingedrinking”, corresponde à ingestão de quatro doses ou mais em pelo menos uma ocasião no último mês, pode aumentar o impacto negativo do álcool nos órgãos e sistemas.

* Da Assessoria de Imprensa

Continuar Lendo

Cotidiano

Trump diz que deixará Casa Branca se vitória de Biden for confirmada

Quando perguntado se deixaria a Casa Branca caso o Colégio Eleitoral confirme a vitória de Biden, Trump respondeu: “Certamente irei. E vocês sabem disso”.

Redação PortalPE10

Publicado

MANDEL NGAN / AFP

O presidente americano, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (26) que deixará a Casa Branca se Joe Biden for confirmado oficialmente como o vencedor das eleições, mas repetiu que pode nunca não admitir a derrota.

Trump liderou uma empreitada sem precedentes ao contestar os resultados da eleição de 3 de novembro, espalhando teorias insanas sobre cédulas roubadas e lançando contestações legais sem fundamento que foram rejeitadas por tribunais de todo o país.

Ao responder às primeiras perguntas de jornalistas desde a eleição, o presidente chegou mais perto de aceitar que teria apenas um mandato antes da posse de Biden, em 20 de janeiro.

Quando perguntado se deixaria a Casa Branca caso o Colégio Eleitoral confirme a vitória de Biden, Trump respondeu: “Certamente irei. E vocês sabem disso”.

Mas, “se o fizerem, terão cometido um erro”, afirmou, acrescentando que “será uma coisa muito difícil de admitir”.

“Esta foi uma grande fraude”, declarou Trump sobre o resultado da eleição, novamente sem fornecer qualquer evidência.

Durante a coletiva de imprensa nesta quinta, feriado de Ação de Graças, ele comparou a infraestrutura de votação dos EUA à “de um país do terceiro mundo”.

O presidente eleito Biden disse na quarta-feira que os americanos “não aceitarão” tentativas de sabotar o resultado da eleição.

*Com informações AFP

Continuar Lendo

Cotidiano

Morre Diego Maradona após parada cardiorrespiratória, diz jornal

Maior jogador da história do futebol argentino sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, segundo o jornal argentino ‘Clarín’.

Redação PortalPE10

Publicado

Maradona com sua companheira, Rocio Oliva, durante jogo da Copa Davis — Foto: Darko Bandic/AP

Maior jogador da história do futebol argentino, Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira (25) aos 60 anos.

Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, segundo o jornal argentino “Clarín”.

*Com informações G1

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.