Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

WhatsApp: mais de 450 mil brasileiros tiveram o aplicativo clonado em outubro

De acordo com a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre mensageria no país, o aplicativo está presente em 99% dos smartphones.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação)

O WhatsApp se tornou uma ferramenta de comunicação essencial para os brasileiros. De acordo com a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre mensageria no país, o aplicativo está presente em 99% dos smartphones. E os criminosos cibernéticos estão de olho nesse mar de vítimas em potencial.

Segundo estimativas do dfndr lab, da PSafe, 453 mil pessoas tiveram o WhatsApp clonado ou suas contas na plataforma falsificadas no mês de outubro no país, o que dá uma média de quase 15 mil golpes por dia.

O método para faturar com a fraude se mantém o mesmo ao longo dos últimos anos: os criminosos se passam pela vítima no WhatsApp e pedem dinheiro emprestado para amigos e familiares dela, seja por transferências ou pagamento de boletos. Mas as técnicas para fazer isso evoluíram.

*Com informações O Globo

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Decreto libera casamentos, aniversários e batizados em casas de festas no Distrito Federal

PortalPE10 com informações UOL

Publicado

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, publicou decreto no Diário Oficial do DF que reabre casas e salões de festas para organizar casamentos, aniversários e batizados, a partir desta quinta-feira (13/05). Esses locais estavam com funcionamento restrito desde março, para ajudar a frear o avanço da pandemia.

Mesmo com essa flexibilização, os locais precisam seguir medidas sanitárias que diminuem os riscos diante do coronavírus. As casas de festa também precisam respeitar o toque de recolher (atualmente vai de meia-noite às 5h), podendo funcionar das 11h às 23h, e com capacidade reduzida a 50% do total do público. Também fica proibida a liberação de espaço para dança e aglomeração de pessoas.

O decreto manteve proibida a realização de eventos presenciais, de qualquer natureza, que exijam licença eventual do Poder Público, incluindo eventos corporativos como congressos, convenções, seminários, simpósios, feiras e palestras.

Continuar Lendo

Cotidiano

Após 18 anos no ar, programa de Ellen De Generes chega ao fim

Apresentadora anunciou que não se sente mais desafiada e que seu talk show não será mais exibido a partir de 2022.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Andrew Harnik, Archivo/AP)

Acabou. Um dos talk shows mais famosos do mundo, o ‘The Ellen DeGeneres Show’, comandado por Ellen DeGeneres, chegou ao fim. No ar há 18 anos, a apresentadora, de 63 anos, afirmou que não se sente mais desafiada profissionalmente e resolveu deixar a atração.

“Quando você é uma pessoa criativa, você precisa ser constantemente desafiado. Por mais legal e divertido que o programa seja, não é mais um desafio”, afirmou Ellen ao The Hollywood Reporter. O programa teve 19 temporadas e mais de 3 mil episódios. As informações são do R7.

Ela já havia dado sinais de que deixaria o programa em 2018, mas continuou. Nos últimos dois anos, Ellen e o programa foram investigados internamente pela emissora após uma série de acusações de assédio moral envolvendo a apresentadora e profissionais da equipe.

Em setembro de 2020, ela falou abertamente sobre os rumores de ambiente tóxico do programa.

“Como você deve ter ouvido, recentemente houve alegações de um ambiente de trabalho tóxico em nosso show. E então houve uma investigação. Aprendi que aqui aconteceram coisas que nunca deveriam ter acontecido … Levo isso muito a sério. Sinto muito pelas pessoas que foram afetadas”, afirmou Ellen na época.

Agora, ela quer voltar a fazer filmes e se dedicar a projetos relacionados ao meio ambiente.

The Ellen DeGeneres Show, será encerrado em 2022, na 19ª temporada.

Continuar Lendo

Brasil

Renato Aragão leva golpe de ex-funcionário e perde R$ 3 milhões; entenda

Eterno Didi registrou boletim de ocorrência contra ex-funcionário que falsificou sua assinatura.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação)

Ícone da televisão da brasileira, o humorista Renato Aragão registrou um boletim de ocorrência e entrou na Justiça contra um ex-funcionário de sua empresa. De acordo com informações do programa A Tarde é Sua, da RedeTV!, o eterno Didi teria notado um desvio que pode chegar a R$ 3 milhões.

Segundo o jornalista Alessandro Lo-Bianco, o funcionário teria utilizado cheques assinados com assinaturas falsificadas. Os valores foram retirados das contas bancárias de Aragão. Também teriam sido falsificadas as assinaturas de Lilian Aragão, esposa do comediante. Além de processar o ex-funcionário, Renato Aragão também entrou com uma ação contra o banco que permitiu os saques. As informações são do Metrópoles.

“Você não pode confiar nas pessoas nesse mundo que a gente vive hoje. Ele não merecia passar pelo que está passando. E o golpe é emocional, é uma coisa muito séria”, afirmou a apresentadora Sonia Abrão, ao vivo, durante o programa.

 

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10. Todos os direitos reservados.