Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Whindersson ajuda fã com paralisia cerebral e caso acaba na Justiça

Apesar do youtuber ter pago pelo triciclo adaptado, André Nachtigall não recebeu o veículo.

Avatar

Publicado


Nachtigall afirma que Whindersson chegou a oferecer outro triciclo, que ele não aceitou. Foto: Instagram/Reprodução

Uma boa ação do youtuber Whindersson Nunes foi parar na Justiça. Em fevereiro do ano passado, Whindersson se comoveu com o comentário de um seguidor: o estudante gaúcho André Nachtigall, diagnosticado com paralisia cerebral, pedia ajuda para adquirir um triciclo adaptado para poder frequentar as aulas na faculdade.

 “Onde é que tem esse troço moço? ‘Nois’ compra agora!”, respondeu ele, na época. O comediante prometeu ajudar na compra do veículo e o fez. Whindersson transferiu o valor e a Honda, ao tomar conhecimento do caso, também doou o valor relacionado à moto — o triciclo é feito em cima de uma moto. Ao todo, foram doados cerca de R$ 25 mil. 

No entanto, o dono da empresa responsável não fabricou a peça. “Whindersson e a Honda pagaram a ele tudo direitinho e ele sumiu, não imaginava que fosse assim”, lamenta o jovem, de 24 anos, ao UOL. Nachtigall levou o caso à Justiça e duas audiências já foram realizadas, mas até agora, não houve acordo. 

Segundo o estudante, o empresário que faria o veículo adaptado mora em Ananindeua, no Pará, e foi escolhido por ser considerado o único no país que faz a documentação para triciclo. Por sua vez, o proprietária da empresa responsável afirma: “Não somos bandidos, mas se deu a entender que temos a intenção de pegar o dinheiro e não entregar, isso é uma inverdade. Simplesmente, não tenho condições de devolver. Estamos atravessando por uma dificuldade, como qualquer microempresa que foi afetada pelo maldito governo”. A empresa também diz não poder fixar um prazo para a entrega. 

Diagnosticado no nascimento com a doença, Nachtigall é morador da cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul, e estudante de engenharia da computação na Universidade Federal de Pelotas. Ele conta com a ajuda da mãe para realizar a locomoção diariamente, mas que, devido à sobrecarga e ao conflito de horários, decidiu buscar outras alternativas. No entanto, o jovem continua na mesma situação. Nachtigall afirma que Whindersson chegou a oferecer outro triciclo, que ele não aceitou. 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

WhatsApp: mais de 450 mil brasileiros tiveram o aplicativo clonado em outubro

De acordo com a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre mensageria no país, o aplicativo está presente em 99% dos smartphones.

Redação PortalPE10

Publicado

(Foto: Divulgação)

O WhatsApp se tornou uma ferramenta de comunicação essencial para os brasileiros. De acordo com a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre mensageria no país, o aplicativo está presente em 99% dos smartphones. E os criminosos cibernéticos estão de olho nesse mar de vítimas em potencial.

Segundo estimativas do dfndr lab, da PSafe, 453 mil pessoas tiveram o WhatsApp clonado ou suas contas na plataforma falsificadas no mês de outubro no país, o que dá uma média de quase 15 mil golpes por dia.

O método para faturar com a fraude se mantém o mesmo ao longo dos últimos anos: os criminosos se passam pela vítima no WhatsApp e pedem dinheiro emprestado para amigos e familiares dela, seja por transferências ou pagamento de boletos. Mas as técnicas para fazer isso evoluíram.

*Com informações O Globo

Continuar Lendo

Entretenimento

Fátima Bernardes é diagnosticada com câncer de útero

Fátima publicou sobre o assunto em suas redes sociais, explicando a seus seguidores que vai se afastar do trabalho por alguns dias.

PortalPE10 Com informações FolhaPE

Publicado

(Foto: Divulgação)

A jornalista e apresentadora Fátima Bernardes, de 58 anos, foi diagnosticada com um câncer de útero. A apresentadora descobriu a doença nesta quarta-feira (2), depois de realizar exames de rotina. Fátima publicou sobre o assunto em suas redes sociais, explicando a seus seguidores que vai se afastar do trabalho por alguns dias para realizar a cirurgia de retirada da doença.

“Como sempre usei minhas redes com total franqueza e verdade, preferi eu mesma passar essa informação para todos que me acompanham. Enquanto isso, aproveito o aconchego dos meus pais, filhos, do meu amor e dos amigos próximos. E já agradeço pelo carinho, pelas boas energias de todos aqui. Logo, logo estarei de volta para nossos encontros.”, comentou a apresentadora no Instagram.

Seu namorado, o deputado federal pernambucano Túlio Gadêlha, também deu depoimentos no seu perfil. “Você é mais forte do que pensa. Tudo será mais fácil do que imagina. Estamos juntos nessa, meu amor. #cadaminutoimporta”, disse o deputado.

Continuar Lendo

Entretenimento

Humorista Rodela morre vítima de Covid-19, aos 66 anos, em SP

A assessoria do SBT confirmou a morte na noite desta quarta-feira (2). Ele estava internado no Hospital Geral de Guarulhos há duas semanas.

PortalPE10 com informações G1

Publicado

Humorista Luiz Carlos Ribeiro, o Rodela, em foto de arquivo — Foto: Lourival Ribeiro/SBT

O humorista Luiz Carlos Ribeiro, conhecido popularmente como Rodela, morreu nesta quarta-feira (2) em São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do SBT.

Ele estava internado havia duas semanas no Hospital Geral de Guarulhos, na Grande São Paulo. Segundo a assessoria da emissora, o diagnóstico para Covid-19 foi confirmado na terça-feira (1).

“É com pesar que o SBT lamenta o falecimento do humorista Luiz Carlos Ribeiro, mais conhecido como Rodela, nesta quarta-feira, 02 de dezembro. Nesta terça-feira, 01, foi confirmado seu diagnóstico para Covid-19. No início desta noite, foi submetido a hemodiálise e sofreu paradas cardíacas, vindo a falecer […] O SBT presta solidariedade e deseja que Deus conforte sua família”, diz a nota.

Humorista Luiz Carlos Ribeiro, o Rodela, em foto de arquivo — Foto: Gabriel Cardoso/SBT

Artista de rua de São Paulo, Rodela era conhecido pela habilidade de fazer inúmeras caretas. Ele ganhou fama na TV ao participar de programas de auditório.

Sua primeira aparição na TV foi no programa Show de Variedades, em 1992, fazendo performances de comédia. Participou posteriormente de diversos programas de humor, tendo destaque no programa Ratinho Livre, da TV Record, em 1997.

No ano seguinte, com a vinda de Ratinho para o SBT, Rodela integra o elenco do Programa do Ratinho, onde permanece por vários anos. Rodela também participou de A Praça é Nossa, tendo feito diversos quadros. Posteriormente, esteve no programa Show do Tom, também na Record.

Continuar Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2013 - 2020 PortalPE10. Todos os direitos reservados.